A “farsa” da Copa de 1998

1 07 2010

Já se passaram 12 anos e muita coisa foi dita em relação a final da Copa do Mundo de 1998, quando um Brasil apático foi goleada pelos donos da casa, a seleção francesa.

Na versão oficial da CBF e dos jogadores, a apatia da seleção foi ocasionada por probleamas de saúde de Ronaldo, o Fenômeno, principal estrela do time e, na época, o melhor jogador do mundo.

Mas desde o fim daquela partida, rumores sobre um real motivo para a derrota do Brasil. Há muito tempo não ouvia falar no assunto, mas eis que esta semana recebo este email:

“COPA 1998 – DIVULGADO O ESCÂNDALO QUE TODO MUNDO SUSPEITAVA !
Talvez, isso explique a razão do jogador Leonardo ter declarado a seguinte frase: ‘”Se as pessoas soubessem o que aconteceu na Copa do Mundo de 1.998, ficariam enojadas!”.
Todos os brasileiros ficaram chocados e tristes por terem perdido a Copa do Mundo de futebol, na França. Não deveriam.
O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de todo o Brasil e alguns estrangeiros, mais especificamente Wall Street Journal of Americas e o Gazzeta delo Sport e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos.

Fato comprovado:

O Brasil VENDEU a copa do mundo para a Fifa. Os jogadores titulares brasileiros foram avisados, às 13:00 do dia 12
de Julho (dia do jogo final), em uma reunião envolvendo o Sr. Ricardo Teixeira (na única vez que o presidente da CBF compareceu a uma preleção da seleção), o Técnico Mário Zagallo, o Sr. Américo Faria, supervisor da seleção, e o Sr. Ronald Rhovald, representante da patrocinadora Nike. Os jogadores reservas permaneceram em isolamento, em seus quartos ou no lobby do hotel.
A princípio muito contrariados, os jogadores se recusaram a trocar o penta-campeonato mundial por sediar a Copa do Mundo. A aceitação veio através do pagamento total dos prêmios, US$70.000,00 para cada jogador, mais um bônus de US$400.000,00 para todos os jogadores e integrantes da comissão, num total de US$ 23.000.000,00 vinte e três milhões de dólares) através da empresa Nike.
Além dis so, os jogadores que aceitarem o contrato com a empresa Nike nos próximos 4 anos terão as mesmas bases de prêmios que os jogadores de elite da empresa, como o próprio Ronaldo, Raul da Espanha, Batistuta da Argentina e Roberto Carlos, também doBrasil.

Mesmo assim, Ronaldo se recusou a jogar, o que obrigou o técnico Zagallo a escalar o jogador Edmundo, dizendo que Ronaldo estava com problemas no joelho esquerdo (em primeira notícia divulgada às 13:30 no centro de imprensa) e, logo depois, às 14:15, alterando o prognóstico para problemas estomacais).

*A sua situação só foi resolvida após o representante da Nike ameaçar retirar seu ** patrocínio vitalício ao jogador, avaliado em mais de US$90.000.000,00 (noventa ** milhões de dólares) ao longo da sua carreira.

Assim, combinou-se que o Brasil seria derrotado durante o ‘Golden Goal’ (prorrogação com morte súbita), porém a apatia que se abateu sobre os jogadores titulares fez com que a França, que absolutamente não participou desta negociação, marcasse, em duas falhas simples do time brasileiro, os primeiros gols.

O Sr. Joseph Blatter, novo presidente da Fifa, cidadão franco-suíço, aplaudiu a colaboração da equipe brasileira, uma vez que o campeonato mundial trouxe equilíbrio à França num momento das mais altas taxas de desemprego jamais registradas naquele país, que serão agravadas pela recente introdução do euro (moeda única européia) e o mercado
comum europeu (ECC).

Garantiu, também, ao Sr. Ricardo Teixeira, através de seu tio, João Havelange,** que o Brasil teria seu caminho facilitado para o penta-campeonato de 2002.

**Passem esta mensagem para o maior número possível de pessoas,** para que todos possam conhecer a sujeira que ronda o futebol!

Desde, já agradeço, Um abraço.
Gunther Schweitzer
Central Globo de Jornalismo*

E tem Mais, nesse acordo ficou definido que em 98 a França seria campeã,(como foi) , em 2002 seria o Brasil (como foi), em 2006 a Italia, e em 2010 a Argentina e 2014 será a Alemanha, todos esses paises estavam envolvidos na negociação.
Agora é só aguardar para ver o resultado.

Porque será que o Maradona esta com toda essa euforia???”

Eu não acredito que isso realmente aconteceu. Até porque adoro futebol, e caso se confirmasse um nojeira dessa, nunca mais iria a um estádio ou assistiria qualquer coisa relacionada ap esporte.
Separei algumas questões para que me respondam os divulgadores desta “Teoria da Conspiração”:

1) O Brasil vai sediar as Olimpíadas em 2016. Teoricamente o evento de mais importância do planeta. Será que prescisava “acordar” pra sediar a Copa de 2014?

2) O Dinheiro da “venda” do título seria pago pela Nike. Porque? O que a Nike ganharia com isso, se patrocinava (e ainda o faz) o Brasil? Compraria o título para a rival Adidas (patrocinadora da França)?

3) Caminho facilitado pro Penta? Pelo amor de Deus. O Brasil quase não se classifica pra Copa, ganhou apertado da Turquia na Semi-final. Isso é facilitar?

4) O Brasil vai perder outra Copa em casa? Desta vez pra Alemanha? A França comprou pra ganhar em casa e o Brasli vai vender, né?

E caso me convençao deste absurdo, este será o último post sobre futebol que escrevo.





Football Shirt On Friday

18 12 2009

O Felipe do Minhas Camisas lança a campanha “Football Shirt On Friday”, na qual os colecionadores vestem peças de sua coleção no local de trabalho na sexta feira.
Eu, mesmo de molho em casa, não poderia deixar de participar.
Tá aí:





Idéia para a Seleção

26 11 2009

“Futucando” o Subside Sports, vi uma camisa interessante na Nike (coisa rara hoje em dia). Trata-se do time africano Sundowns e pensei:
“-a Nike bem que podia ousar um pouqinho na seleção…” Aí coloquei o símbolo da CBF nela e pronto:

Sei que isso é quase impossível em se tratando de Nike e CBF. Depois da camisa de 2004, são tudas parecidas. As cinco estrelas em baixo relevo dão um charme e identidade á nossa seleção. O lançamento da camisa é em fevereiro. Se vier parecido com isso, a Nike vai receber meus aplausos. De pé.





Galo fecha com Topper e BMG

24 11 2009


O Presidente do Atlético Alexandre Kalil divulgou nesta sexta os novos patrocinadores para 2010. Infelizmente não mais veremos o manto sem patrocinador. Mas o que se diz é que seriam mais de R$ 30 milhões de reais por ano, juntando Topper, BMG e Ricardo Eletro (nas mangas). Dá pra montar um belo time, mas a camisa…

Excluindo a possibilidade do logo do BMG se manter laranja (espero que seja o pensamento do Kalil) tentei criar algumas coisas. A Topper, como a maioria da comunidade camiseira sabe, tem duas vertentes:
A Argentina, que faz os uniformes de clubes como o Estudiantes e New´s Old Boys,

e a Brasileira, responsável por Ipatinga e Paulista de Jundiaí:

Temos que reconhecer que os “hermanos” estão muito a frente da gente. É o mesmo caso da Penalty. Mas deu pra fazer as duas opções.
Topper BRA Home:

Usando o teplate do Pulista. Os detalhes carijó que usei nos últimos mockus permanecem. Achei que deram uma identidade legal na camisa. Estão mais presentes na 2ª camisa:
Topper BRA Away:

Topper ARG Home

Essa, a lá Esudiantes, ficaria show. O detalhe carijó na gola deu um toque bem legal.
Topper BRA Away:

Bem, agora é esperar….

De novo.





Nike x Adidas: e se essa briga rolasse no Brasil? Parte III

31 07 2009

Retomando a série, vamos ao clássico Paulista Corinthians x Palmeiras:
Corinthians x Palmeiras

É só uma inversão de papéis, já que o Timão já veste Nike e o Verdão, Adidas.

A nova do Real Madrid serviu de modelo para a do Corinthians. Coloquei detalhes em vermelho, cor que está muito presente no escudo do clube e, não sei porque, acho que nunca usaram. Também retirei aquela holandesa ridícula da Batavo.

Corinthians Adidas

A do Palmeiras foi baseada (copiada?) da do Wolfsburg. Apesar da retrocidade da Nike, ficou classuda. O Samsung deu um equilibrio legal. Vale lembrar que tento ficar o mais próximo possível da realidade e do template das empresas, portanto não fiz nada de novo.

Palmeiras Nike

Ah, gostaram dos mascotes? Tem de todos os times da série A no site do Estadão:
http://www.estadao.com.br/especiais/os-mascotes-do-brasileirao,62100.htm





Lançamentos 2009 – 14 – Atlético

28 05 2009

Atletico 1

A inovação da Lotto ficou por conta do tecido da camisa. Esse ano ainda não vi nada parecido lançado pela empresa. Parece ser muito bom. Vou conferir semana que vem, quando chega a minha!!!!

A listrada eu gostei. Apesar de parecer simples, no corpo deu uma classe. Adorei a gola!  Mas o número deveria ser vermelho!!!

Atletico 2

A branca ficou sem graça. Camisa toda branca é a do Santos. Tenho uma de 2002 que era toda branca e as pessoas (quem não entendia de fuebol) perguntavam se era do Santos… Tem que ter listras, faixas, detathes. Ficou legal, mas pra turma da Vila Belmiro.

Sem títuloAs camisas de goleiro da Lotto estão padronizadas, mas não gostei da do Sport nem do Coxa. Ficaram coloridas demais. Acho que pelo símbolo do Galo ser com cores neutras ajuda muito o uso de cores mais vivas. A preta com detalhes laranja ficou linda!

Atletico Treino

Essa matou a pau. Muito Linda. No geral eu achei a coleção sensacional. As de jogo não comprometem e as de treino ficaram show de bola! Daria sim uma bela 3ª camisa. Gostei muito do uso do laranja na coleção. Combinou bem.

O laranja poderia estar presente em uma 3ª camisa. Ficaria Legal assim:

Atletico 3 Lotto 2009

Já comprei a 1. Mas quero a de treino. Quero também a de goleiro!

Lá vamos nós de novo…

Estaremos bem vestidos em 2009!!!

Obrigado Lotto!!!





Lançamentos 2009 – 12 – Fluminense

15 05 2009

020718402-ex00-600x450

Belas camisas. Fora a tal Taça Olimpica. Não gostei nem da posição, nem da cor e nem do desenho dela. Até acho interessante alguns apretechos no uniforme de vez em quando. Não como o Cruzeiro e sua Coroa, mas uma vez ou outra é bem vindo. Só achei que ela ficou muito escondida. Se colocassem branca ou em uma outra posição, apesar de mais discreto, apareceria mais. Acho que ficaria melhor como marca d´água, sei lá. A camisa já tem 3 cores e uma quarta fica estranho.

A laranja poderia ser uma ótima 3ª camisa. Mas os dirigentes vão falar que não pode, por não fazer parte do estatuto e blá,blá,blá,blá,blá,…

A gola “v” na tricolor deu uma limpada no visual carregado da camisa passada. Muito bonita. Mas a  gola polo tá na branca. Não sou muito chegado a gola polo.Principalmente na Adidas.  Mudaria a gola e a faixa de lado. A não ser que a camisa que serviu de inspiração originalmente fosse assim. Se mudasse a faixa, daria mais destaque a Taça Olimpica. Há algum tempo eu fiz um mockup baseado nessa camisa (vazou que seria assim desde o nao passado):
https://juniorlouzada.wordpress.com/2008/11/20/mockup-camisa-3-fluminense/